Hermanus, na Rota das Baleias da África do Sul

Hermanus foi a primeira paragem na minha viagem à África do Sul. Cheguei já bem tarde, numa total escuridão, diretamente da Cidade do Cabo e de três voos desde Lisboa. Quando acordei no dia seguinte tive uma bela surpresa. A paisagem é soberba, com a povoação junto à costa do oceano Atlântico, com casas baixinhas e umas belíssimas montanhas como pano de fundo. Daqui parti para a Garden Route e percorri toda a costa de carro, até Port Elizabeth e ao Addo Elephant National Park. Após a visita a este parque durante dois dias inteiros, regressei a Hermanus.

Conhecer Hermanus

A cidade em si é simpática, relativamente pequena, o que permite andar a pé pela sua zona central. Vale a pena andar pelas ruas principais e conhecer as várias lojas de arte, os cafés simpáticos e modernos e os restaurantes com muito bom aspeto. Destaco o Burgundy que serve excelente comida e tem uma esplanada espetacular, de onde se tiver sorte como eu, pode ver baleias.

Imperdível em Hermanus é passear junto à costa, mais no centro da cidade e fazer parte da rotina de lazer dos habitantes e com mais tempo, também percorrer os doze quilómetros do Cliff Path Walk. Este é um percurso que acompanha a costa acidentada e onde é possível parar várias vezes nos bancos que se encontram espalhados e admirar o belo cenário e quem sabe, umas baleias.

Ver baleias

Hermanus encontra-se situada em plena Costa das Baleias, sendo um dos melhores locais do mundo para observar estes animais. Se tiver sorte dá logo para ver algumas da costa, eu vi uma muito ao longe quando estava a almoçar. Mas o melhor mesmo é fazer passeios de barco (optei por fazer dois) e observar bem de perto. Eu já tinha visto algumas nos Açores mas nunca tão perto como aqui. Vale mesmo a pena. Espere é um mar um pouco agitado, o Atlântico aqui não brinca…

Hermanus Whale watchers

O primeiro passeio de baleias que fiz em Hermanus foi na minha primeira passagem por lá, logo após ter chegado da Cidade do Cabo. Existem algumas empresas que fazem este tipo de atividades, eu escolhi a Hermanus Whale watchers, que era a que tinha mais comentários e todos eles muito positivos. O staff é incansável, sempre à procura de baleias e muito preocupados com que fiquemos sem dúvidas relativamente a estes animais.

Hermanus, na Rota das Baleias da África do Sul
Briefing antes do passeio

Esta atividade é super recomendada para famílias, eu fui com a minha, com a Maria de quatro anos. Vimos uma mãe e uma cria muito perto durante a maioria do passeio, foi lindo. Elas andavam à volta do barco, brincavam e a mãe chegou mesmo a dar alguns saltos!

Hermanus Whale Cruises

Quando regressei a Hermanus quis fazer um novo passeio para ver baleias, uma vez que tinha gostado bastante da minha experiência anterior. Escolhi desta vez a Hermanus Whale Cruises, porque me pareceu também bem classificada por antigos clientes.

O barco é um pouco maior, mas a grande diferença é o staff. No meu primeiro passeio, com a outra empresa, toda a equipa foi incansável em que tivéssemos a melhor experiência possível, desta vez não houve essa preocupação. Vi baleias à mesma, mas foi muito menos interessante. Outras condições que condicionaram bastante a experiência foi o mar estar muito mais picado e o barco ser maior, o que não permitia ver toda a envolvência se estivessemos parados no mesmo local. Ou seja, tinhamos de estar sempre a mudar de lado, ora para a esquerda ora para a direita, para ir acompanhando as baleias. No barco da Hermanus Whale watchers isto não acontecia.

Obrigada à Fernkloof Lodge e à Harbour House Hotel pelo convite e pelo considerável desconto que a Hermanus Whale Watchers e a Hermanus Whale Cruises fizeram nos passeios. Mas como sempre, os meus comentários são independentes.


Dicas para ir até Hermanus

(Se fizer as suas reservas através destes links, não paga mais nada por isso e eu ganho uma pequena comissão, o que é determinante para eu continuar a escrever sobre viagens. Obrigada!).

Como chegar: Hermanus localiza-se a 120 quilómetros da Cidade do Cabo, o que significa 1h30 de carro aproximadamente. Recomendo a utilização de carro próprio, por tudo o que pesquisei e em algumas conversas com meia dúzia de locais já percebi que transportes públicos não são uma boa solução. Eu aluguei com a Bidvest e correu tudo bem.

Onde dormir: Eu passei algum tempo em Hermanus duas vezes na minha viagem à África do Sul. E recomendo ambos. Na primeira vez dormi no Fernkloof Lodge, um local muito simpático e relativamente bem localizado para explorar Hermanus, se como eu, estiver com carro. A dona, Gail, é uma excelente anfitriã. Teve até a atenção de me deixar umas bolachinhas caseiras para quando eu chegasse.

Na segunda vez que aqui estive fiquei no Harbour House Hotel, num apartamento muito elegante, exatamente no centro da cidade. Não foi preciso carro, basta andar a pé. Aqui a oferta é um pouco para todos os bolsos, uma vez que há apartamentos um pouco mais caros e quartos muitos acessíveis, fazendo lembrar um hostel. Tem camaratas e casas de banho partilhadas, mas a receção e o corredor é uma galeria de arte…

Hermanus, na Rota das Baleias da África do Sul
Harbour House Hotel
Booking.com

Tours a fazer: Eu fiz dois passeios de barco para ver baleias, um deles com a Hermanus Whale Watchers e outro com a Hermanus Whale Cruises. Recomendo a primeira delas, os elementos do staff são muito mais simpáticos e preocupados com os clientes.

Onde comer: Em conversa com a dona do alojamento onde fiquei, perguntei onde poderia ir almoçar. Ela falou-me do Burgundy e eu nem procurei outro. Adorei a comida (um arroz de cocô….) e a vista não podia ser melhor. Foi sentada aqui, a almoçar, que vi a minha primeira baleia na África do Sul.

Hermanus, na Rota das Baleias da África do Sul

2 comentários em “Hermanus, na Rota das Baleias da África do Sul”

Deixe um comentário