6 dias. 6 municípios – Vamos descobrir a Beira Baixa?

6 dias. 6 municípios - Vamos descobrir a Beira Baixa?

Fiz uma roadtrip de 6 dias pela região da Beira Baixa a convite da Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa. A área que ocupa é grande, sendo composta por seis municípios e tem muito por explorar, de acordo com aquilo que for mais importante para cada visitante, sendo por isso possível de ser vivida de diferentes formas.

Aqui fica o meu percurso dia a dia! Eu reservei um dia para cada município.

Ler mais6 dias. 6 municípios – Vamos descobrir a Beira Baixa?

O melhor de Castelo Branco (Beira Baixa)

O melhor de Castelo Branco

Ao quarto dia de roadtrip pela Beira Baixa cheguei ao seu coração, à cidade de Castelo Branco. Ao longo da minha vida e das minhas deslocações para a Serra da Estrela, berço dos meus avós e da minha mãe, já aqui tinha passado “mil” vezes, mas honestamente não posso dizer que a conhecia. Noutro tempo, quando não havia o mapa de auto estradas que existe hoje, uma deslocação entre Lisboa e Gouveia implicava estar meia dúzia de horas dentro do carro e passar pelo interior de várias localidades. 

Ler maisO melhor de Castelo Branco (Beira Baixa)

O melhor de Vila Velha de Ródão (Beira Baixa)

Vila velha de ródão

Meia hora depois de sair do Centro Ciência Viva da Floresta (de Proença-a-Nova) cheguei à “linha” que separa este município da vizinha Vila Velha de Ródão e de imediato o que me veio à cabeça foi: como é que não vim aqui antes? Imaginem só a imponência do que vi nas Portas do Almourão. Gostei mesmo muito de conhecer Oleiros e Proença-a-Nova que têm uma belíssima paisagem verde e montanhosa, mas o que vi aqui apela-me de uma forma diferente aos sentidos. A “brutalidade”, monumentalidade e contraste das montanhas e algumas escarpas em direção ao rio fascina-me.

Ler maisO melhor de Vila Velha de Ródão (Beira Baixa)

O melhor de Proença-a-Nova (Beira Baixa)

Proença-a-nova

Depois de uma viagem de carro de cerca de 30 minutos a partir de Oleiros, cheguei ao município vizinho de Proença-a-Nova. Em tempos idos a vila com o mesmo nome já se chamou Cortiçada, devido à abundante produção de cortiça e ao elevado número de colmeias (também chamados de cortiços) que caracteriza a região. Mais tarde chamou-se ainda Vila Melhorada. Foi apenas no mais “recente” século XVI que o nome passou ao que é atualmente, mas não consegui perceber muito bem porquê. Talvez se deva de alguma forma à ligação com a Ordem de Malta e o Priorado do Crato, que tiveram um papel muito importante na sua história.

Ler maisO melhor de Proença-a-Nova (Beira Baixa)

O melhor de Oleiros (Beira Baixa)

O melhor de Oleiros (Beira Baixa)

Cheguei a Oleiros num dia à tarde, logo após um bom almoço na Sertã, depois de deixar Lisboa pela manhã. Nesta bela e relativamente desconhecida região, o terreno montanhoso e a cor verde destacam-se de imediato ou não existisse por aqui a maior “mancha” de pinho Bravo de toda a Europa. Como se não bastasse em todo este cenário existem também vários rios, nascentes, açudes e fontes que “pintam” o cenário de uma outra dimensão. Uma mais perfeita e apetecível de explorar.

Ler maisO melhor de Oleiros (Beira Baixa)

10 locais imperdíveis da EN 103 (Norte de Portugal)

10 locais imperdíveis da EN 103 (Norte de Portugal)

A Estrada Nacional (EN) 103 localiza-se no norte de Portugal e tem uma extensão de 252 quilómetros. Começa na aldeia de Neiva, em Viana do Castelo, atravessa todo o Minho e termina em Bragança, já Trás-os-Montes. Vai do litoral minhoto ao interior transmontano, cruzando paisagens de uma beleza ímpar, das melhores que Portugal tem. Eu já não visitava esta zona portuguesa tão a norte há alguns anos e gostei da sensação de deslumbramento que senti ao longo dos quatro dias que andei por aqui, de autocaravana.

Ler mais10 locais imperdíveis da EN 103 (Norte de Portugal)