Organização de Manhattan – Nova Iorque

Nova Iorque encontra-se dividida em 5 boroughs: Manhattan, Bronx, Queens, Brooklyn e Staten Island. Bronx é o único borough que não é uma ilha.

Manhattan é a ilha mais pequena e o borough mais conhecido, localizando-se aqui as principais atrações de toda a cidade. A ilha tem 21,6 km de comprimento e 3,7 km de largura e é atravessada por ruas e avenidas, perpendiculares umas às outras.

Avenidas de Manhattan

As avenidas estão orientadas no sentido norte-sul e as principais têm o nome de 1ª avenida, 2ª avenida, 3ª avenida, 5ª avenida até à 12ª avenida. Curiosamente entre a 3ª e a 5ª avenida existem três avenidas e nenhuma delas é a 4ª. São elas: Lexington Avenue (conhecida como Lex), Park Avenue e Madison Avenue.

Perto do ano de 1800 Park Avenue tinha o nome de 4ª avenida. Era neste local onde passava uma das primeiras linhas de comboio do país. Com a evolução da cidade a linha passou a ser subterrânea e a avenida foi batizada de Park Avenue pela quantidade de zona verde que passou a existir. As avenidas mais conhecidas são a 5ª e a Brodway.

A numeração das avenidas começa na parte leste (east side) e termina na parte oeste (west side). Ou seja, a 1ª avenida começa na east side e à medida que vamos para west side, a numeração vai aumentando até à 12ª avenida. A divisão entre east e west side é feita pela 5ª avenida.

Ruas de Manhattan

As ruas também são numeradas e encontram-se dispostas perpendicularmente às avenidas, no sentido oeste-este. Mas há exceções a esta regra da numeração. São exemplo disso os bairros da Village, Soho e Tribeca onde as ruas possuem nomes característicos.

Os números das ruas começam na parte sul da ilha e vão aumentando à medida que nos deslocamos para norte. Ou seja, na parte mais a sul encontramos a 1ª rua e na zona mais a norte a 190ª rua.

Neste sentido (sul-norte) a ilha é divida em 3 seções. Downtown, que se encontra mais a sul, ocupa a área entre a 1ª e a 14ª rua. Midtown, é a seção central, entre as ruas 14ª e a 59ª. Uptwon fica a norte, acima da 59ª rua.

Bairros de Manhattan

Em Nova Iorque existem vários bairros. De seguida indico alguns dos bairos por cada seção que é determinada pelas ruas.

Na zona de downtown (mais a sul da ilha) existe a Chinatown, SoHo (artístico), Greenwich Village (West Village ou The Village), Financial District (Lower Manhattan), Nolita (ou Litle Italy), TriBeCa (abreviatura de “Triangle Below Street”), Lower East Side e o Meatpacking District. Aqui podemos encontrar a Wall Street, o World Trade Center e o Battery Park.

Em midtown, a zona central da ilha encontra-se o Flatiron District, Chelsea, Gramercy, Murray Hill, Garment District. Por aqui ficam os teatros da Brodway, a Time Square, o Empire State Building, o MOMA e o Rockfeller Center.

Na seção Uptown fica o Harlem, o tão famoso Central Park, o Upper West Side e o Upper East Side.

Cada um dos bairros tem história e características diferentes. Cada um deles dava um outro artigo!

O borough de Manhattan tem imenso para ver e percorrer. Muitos bairros e zonas bastante diferentes umas das outras. É preciso ir com tempo para absorver toda esta mistura de culturas e de influências.

Logo quando chegamos de avião e se veem os arranha-céus começa o encanto. É uma imagem que temos presente de tantos filmes e séries. Quando finalmente chegamos a Manhattan e andamos pelas ruas sentimos conhecer muito do que vemos. Reconhecemos de imediato vários cenários que nos são tão familiares.

É uma ilha que, apesar de podermos nunca ter ido, nos deixa de imediato com uma sensação de “dejá vu”. Parte do encanto é este, na minha opinião.

Pelo menos uma vez, vá visitar.

Como planear uma viagem de forma independente (tal como eu faço)?
. Reservar os melhores voos no SkyScanner. Aqui consegue encontrar e comprar os melhores voos para o destino escolhido.
. Alugar carro no Rentalcars. Vai encontrar todas os parceiros e fornecedores disponíveis assim como os preços das várias gamas.
. Marcar no Get Your Guide os bilhetes de entrada nos locais que pretende visitar ou nos tours que quer fazer, para evitar filas e tempo perdido.
. Fazer o visto em iVisa.
. Fazer um seguro de viagem na Iati Seguros, para não correr riscos que podem sair caros.
. Utilizar o cartão Revolut, que lhe possibilita fazer pagamentos e levantamentos na moeda do local onde estiver a viajar (e poupar muito dinheiro em taxas).
. Marcar sempre que necessário uma Consulta do Viajante para conhecer os riscos associados à sua viagem e as respectivas medidas de protecção e prevenção.
. Optar sempre que possível por levar menos bagagem possível. Veja as minhas 10 dicas.

 

Sobre a Kate
É uma ex-consultora, blogger de viagens a tempo inteiro, viajante há 20 anos e mãe da Maria há 5. Viaja na maior parte das vezes em família, com a filha desde que era uma bebé de 2 meses e os 3 juntos já fizeram mais de 30 viagens pelo mundo.
Fundou o Wandering Life, organiza @instameets.pt, fundou e é vice-presidente da ABVP – Associação de Bloggers de Viagem Portugueses, tem ebooks onde ajuda outras famílias a viajar, organiza Workshops sobre Viajar com Crianças, fé undadora da comunidade Famílias de mochila às costas e da rubrica Conversas em família.

22 comentários em “Organização de Manhattan – Nova Iorque”

  1. Aqui está uma boa explicação, principalmente porque muita gente não entende a diferença entre visitar Nova Iorque e visitar Manhattan, É uma das minhas cidades preferidas e já estou com saudades dela! Quem sabe para o ano… Boas viagens!

    Responder
  2. Adorei a explicação Catarina! E essa coisa de ver na TV e sentir que já foi, acontece com vários lugares né? Ainda bem que não é bem assim na prática! (eu acho) Bjs! Parabéns!

    Responder
  3. Super didático! Eu sou ótima com mapas, mas com essa facilidade lógica das ruas… ajuda até os mais perdidos! E é muito bom dar uma estudadinha antes de viajar, né? Obrigada pelas infos!

    Responder

Deixe um comentário