Workshop: Viajar com crianças

Pretendo ajudar famílias que viajam com crianças a descomplicar todo o processo que implica sair de casa e passear, quer seja para perto ou um pouco para mais longe, de forma a que possam usufruir da companhia uns dos outros, com tempo de qualidade, partilhar novas experiências e fortalecer laços com os mais pequenos.

A minha experiência de viagem

Desde pequenina que me habituei a sair de casa e a passear. Saía muito durante os fins de semana e passava as longas férias de verão numa aldeia da Serra da Estrela com os meus avós. Como sempre vivi em cidades, ter a experiência de estar em total liberdade num meio pequeno onde todos me conheciam, era absolutamente fantástico, o que me proporcionou recordações maravilhosas.

Com o tempo comecei a gostar cada vez mais de sentir essa liberdade em explorar outros locais e fui passeando cada vez para mais longe. Aos 19 anos meti-me pela primeira vez num avião, rumo a Itália e desde então não parei. Já lá vão 20 anos deste percurso de viajante independente e cerca de 50 países visitados. Muitos desses países já repeti, quando gosto, fico com vontade de explorar a fundo. Já estive dez vezes no Brasil, dez em Marrocos e oito em Cabo Verde por exemplo.

Já viajo há 20 anos de forma independente, com visita a cerca de 50 países.

Sempre viajei de forma totalmente livre, muitas vezes a chegar a um destino sem sequer ter essa primeira noite marcada. Gosto de sentir que ando ao sabor do vento, se gosto de um local fico, se não gosto sigo. Desde há 4 anos para cá que me despedi de uma carreira estável como consultora que tenho mais tempo para viajar, mas mesmo nos meus tempos de 25 dias de férias, preferia viajar sem pressa. Ver menos locais, mas melhor.

Mãe viajante

Esta forma de viajar não sofreu grandes alterações desde que fui mãe, há 5 anos atrás. A minha filha começou por viajar na minha barriga quando fomos à ilha da Boavista (Cabo Verde) e logo de seguida com dois meses de idade ao Funchal e dias depois ao Brasil. Nessa altura comecei a ter mais cuidado com a escolha dos destinos e das horas dos voos em especial, mas a forma como viajo, com total liberdade, essa continuou sempre.

Já viajo com a minha filha há cinco anos e desde que ela tinha dois meses de vida.

Os três juntos já andámos de mota em Bali e no Vietname e já fizemos roadtrips na Eslovénia, Flórida, África do Sul ou Brasil, por exemplo. Em cinco anos já temos inúmeras histórias e peripécias para contar! Recordações maravilhosas que irão ficar para sempre.

Como nasceu a ideia do workshop?

No meu blog não falo nesse registo de viajante em família, com uma filha pequena, mas é um lado tão importante e diferenciador que decidi começar a partilhá-lo de alguma forma. E acredito que a melhor maneira seja fazê-lo através de um workshop, com espaço de partilha da minha experiência e de tudo o que já aprendi ao longo destes 5 anos a viajar com a Maria. Na minha outra vida enquanto consultora, dei centenas de horas de formação (sou formadora certificada) a empresas diferentes, o que me deu confiança e convição do quanto me apaixona estar em sala num ambiente de partilha.

Gosto de pensar que com este workshop posso ajudar algumas famílias a estarem mais tempo de qualidade juntas, fora de casa, quer seja no Porto, no Algarve, em Espanha, no Japão ou na Austrália. Acredito que o que importa é viver aquela sensação de ir, de sair do conforto a que estamos habituados e tanto pais como filhos puderem estar ao mesmo “nível”, ao chegarem a um sítio novo e terem a possibilidade de o explorar pela primeira vez em conjunto.

É sair de um aeroporto, não saber falar a língua, não conhecer ninguém, não ter qualquer referência, ter na mão aqueles dedos pequeninos e estarmos prontos e confiantes para explorar o mundo.

Quais são os objetivos do workshop?

No workshop pretendo ajudar famílias que viajam com crianças a descomplicar todo o processo que implica sair de casa e passear, quer seja para perto ou um pouco para mais longe, de forma a que possam usufruir da companhia uns dos outros, com tempo de qualidade, partilhar novas experiências e fortalecer laços com os mais pequenos.

Irei dar dicas, exemplos e sugestões bastante práticas relativas às viagens a realizar com crianças.

Conteúdos programáticos:

  • Escolha do destino,
  • Definição do plano de viagem,
  • Marcação (e dicas de poupança) dos voos, do alojamento e de atividades,
  • Cuidados a ter com a saúde antes de ir,
  • Como levar pouca bagagem,
  • Dicas para os voos,
  • Cuidados a ter com a comida,
  • Ritmo da viagem,
  • Resolução de problemas concretos, com exemplos que me aconteceram em viagem,
  • Sugestão de locais para ir com crianças.

Paralelamente à partilha pretendo criar condições para a existência de um espírito de comunidade e de grupo entre as famílias que partilham da mesma paixão que é viajar e talvez ser responsável pelo nascimento de novas amizades. Quem sabe não podem surgir até ideias de algumas famílias viajarem juntas?

Qual é o público alvo do workshop?

O workshop tem como destinatários todos aqueles que viajam ou estão interessados em viajar com crianças. Podem ser os pais, os avós ou os tios, ou apenas amigos que queiram saber mais sobre a experiência de viajar com os filhos, netos ou sobrinhos.

Importa dizer que quando me refiro a viajar, não implica necessariamente ir para muito longe.

Podemos passar as nossas férias a explorar de mochila às costas o interior do algarve ou a zona de Trás-os-Montes a descobrir aldeias ancenstrais ou a fazer um intra-rail, dentro de Portugal. No fundo o que importa é o que estas viagens têm em comum, que é a vontade de ter liberdade, de passearmos de forma independente.

Onde se irá realizar o workshop?

O workshop decorrerá num espaço super acolhedor, que é O Jardim – Academia de Criatividade, localizado na Praça da República, Piso 1 – loja 16H – 2620-543 Ramada (Odivelas). Fica a cerca de 20 minutos de carro do Marquês de Pombal, num bairro muito sossegado, com uma belíssima vista para a cidade e de fácil estacionamento.

Para chegar a´O Jardim – Academia de Criatividade, pode utilizar:

  • Autocarro: a poucos minutos de várias paragens de autocarro da Rodoviária de Lisboa (228, 925),
  • Carro: na rua, na envolvência do espaço.

Qual vai ser a duração do workshop?

O workshop terá uma duração de três horas, com um pequeno intervalo.

Quando e a que horas vai ser o workshop?

Estava previsto o workshop realizar-se no dia 31 de março entre as 18h30 e as 21h30, mas face às condições que Portugal se encontra a passar foi adiado até que a situação se encontre normalizada.

Vai haver coffee break no workshop?

No decorrer do workshop irão estar na mesa bolachinhas, biscoitos e várias bebidas. Este será um evento informal, em que iremos estar sentados a conversar e a trocar ideias, a trabalhar no computador e de vez em quando a petiscar.

É possível levar as crianças?

O espaço onde irá decorrer o workshop está totalmente aberto a receber crianças, uma vez que tem muito espaço e brinquedos para elas. Pode levar os seus filhos consigo, mas atenção que os pais é que serão responsáveis por elas.

Para já não está pensada nenhuma atividade organizada para as crianças ao mesmo tempo da atividade dos crescidos.

Qual o custo do workshop?

O workshop tem um custo de 40€.

Como posso inscrever-me no workshop?

Para se inscrever basta:

  • Enviar um email para: kate@wandering-life.com
  • Utilizar o whatsApp: 966941877

Eu respondo tão rápido quanto possível e dar-lhe-ei todas as indicações necessárias.

Press

Workshop: Viajar com crianças


Deixe um comentário