A baía de Guanabara banha a cidade do Rio de Janeiro e é a 2ª maior do Brasil, em termos de extensão. Antigamente a margem desta baía encontrava-se ocupada por tribos índias da Amazónia, que lhe deram o nome.

Os portugueses chegaram à baía a 1 de janeiro de 1502 e pensa-se que terão acreditado que se tratava da foz de um rio (nessa altura a entrada para a baía era mais larga do que é hoje).

Como foi descoberta em janeiro e julgavam que era um rio, deram-lhe o nome de Rio de Janeiro.

Algum tempo depois chegaram os franceses, mas após algumas batalhas, os portugueses venceram e expulsaram-nos da cidade. Construíram a primeira cidade fortificada da baía, a que chamaram de São Sebastião do Rio de Janeiro.

Nessa altura o Rei de Portugal era o Dom Sebastião e por isso o nome do Rio de Janeiro foi em sua homenagem. Foi a regente, a avó Rainha D. Catarina d’Áustria, que ordenou que se construísse uma cidade à volta da Baía de Guanabara.

Quando visitei esta cidade percebi porque razão lhe chamam de maravilhosa… Vale mesmo muito a pena passear por lá.