O hinduísmo e os seus deuses

A religião mais importante da Índia é o hinduísmo e é uma das mais antigas do mundo. A palavra hinduísmo vem da palavra persa “hindu” ou do sânscrito “sindhu”, que significa rio. A palavra refere-se portanto às pessoas que habitavam no Vale do Indo (onde atualmente se localiza o norte da Índia).

Neste artigo irei falar dos textos sagrados desta religião, os seus principais fundamentos, os seus deuses e os rituais religiosos que são praticados.

Vedas

O hinduísmo baseia-se em milhares de livros e de escrituras, sendo os Vedas os primeiros e os mais importantes, uma vez que são consideradas revelações divinas. Estas revelações foram transmitidas oralmente de geração em geração e compiladas em papel entre 1500 e 900 aC.

Fundamentos

Para compreender a crença de um hindu é necessário conhecer os fundamentos da sua religião:

  • Samsara: ciclo de morte e renascimento do espírito que se tem de passar até atingir a Moksha;
  • Karma: todas as pessoas têm um espírito, que tem um trajeto que depende das ações praticadas (o mal ou bem que se faz pode afetar ou recompensar esta vida ou uma outra);
  • Moksha: libertação final (do ciclo de morte e renascimento);
  • Dharma: dever moral, o caminho para a verdade;
  • Ahimsa: negação da violência por ações, palavras e pensamentos por todos os seres vivos;
  • Maya: noção de que o mundo em que vivemos tem muitas ilusões.

Deuses

Acredita-se que existe uma força divina única mas que assume incontáveis formas, os deuses.

Estes deuses são semelhantes ao Homem, uma vez que também comem e bebem, amam e odeiam. Calcula-se que possam existir 330 milhões… e um hindu pode escolher um deles para praticar a sua veneração.

Contudo, salienta-se que as 3 forças essenciais do Universo, os 3 deuses principais são estes:

  • Brahma: o criador do Universo. Tem 4 rostos virados para os 4 pontos cardiais e tem 4 mãos (a sua consorte é Saraswati);
  • Vixnu: responsável pela manutenção do Universo, o Deus protetor. Tem 4 mãos e cor azul para simbolizar o infinito. Assume encarnações quando o mundo está sob a ameaça do mal (Krishna é a 8ª encarnação);
  • Xiva: é o destruidor, para criar algo novo. Tem cabelo comprido, na cabeça o rio Ganges e 2 ou 4 braços. É principalmente adorado como falo, um símbolo do erotismo e energia sexual. Kali é uma das encarnações de Parvati, a sua consorte.

Rituais religiosos

A maioria dos hindus pratica rituais religiosos diariamente, nas suas casas, num local de culto ao deus ou aos deuses escolhido ou escolhidos por si. Os rituais devem abranger sempre:

  • Darshan: experiência de ligação por estar na presença de uma pessoa sagrada;
  • Puja: ofertas de comida e flores (entre outras coisas) às imagens divinas, que pode durar alguns minutos ou várias horas.

Quando estive na Índia vi muitos templos e pessoas a praticar o culto. Existem em todas as ruas, praças ou becos. Para mim, fez bastante sentido entender em que é que os indianos acreditam e de que forma praticam o culto.

Espero que com este texto possa compreender um pouco melhor.

20 comentários em “O hinduísmo e os seus deuses”

  1. Ao ler este artigo só me estava a lembrar da música “eye of shiva” em particular ou todo o albúm em geral “vovin” de Therion. Mais uma vez muito bem escrito… 🙂

  2. Oi, Catarina! Tenho grande interesse pelo hinduísmo e seu post ajudou bastante a organizar minhas ideias! As vezes, usamos palavras como Karma, ou Dharma sem realmente entender o que elas significam! Muito bom seu post! Parabéns! 🙂
    Beijos

    • Olá Ana 🙂 É mesmo. Este artigo (e no fundo todo o blog) tem mesmo esse objetivo. Explicar o que vemos quando viajamos, sendo os rituais religiosos um importante aspeto que observamos. Obrigada 🙂
      Beijinhos

  3. A India é um país fascinante e este artigo vem ajudar a compreender melhor uma das suas principais componentes: a religião, neste caso o hinduismo. Artigo sucinto e bem explicado

  4. Que post interessante! Sempre quis aprender um pouco, mas achava um tanto confuso, principalmente por ter muitos deuses. Com seu post, aprendi um pouco mais, e espero aos poucos começar a compreender mais o hinduísmo.

    • Olá Luciana 🙂 Que bom que gostou. Sim, espero que seja útil quer para os que lá vão, quer para os que não vão, mas têm interessa em conhecer um pouco melhor o mundo em que vivemos!
      Beijinhos

  5. Concordo com a Ana… as vezes usamos termos de culturas que não conhecemos bem e até podemos nos equivocar! E viajar (vale por blogs tb, haha) nos ajuda a conhecer mais do mundo, aprender e sermos melhores pessoas 🙂 adorei o post!

  6. Gostei muito do post! Muito interesante saber mais sobre o hinduísmo. Confesso que até ler este artigo, meu conhecimento sobre a religião era nulo.
    Me lembra o quanto temos a aprender sobre outros povos, culturas e crenças e o quanto as viagens nos aproxima a todos, como humanidade!

  7. Excelente artigo, não tenho a mínima noção sobre o hinduísmo e aprendi bastante com esta postagem. Temos muita vontade de conhecer a Índia. Obrigado porrd compartilhar informações tão interessantes.

Deixe um comentário