Havana: cidade antiga e suas fortificações

Havana é a verdadeira essência de Cuba. Capital, centro económico e cultural, maior cidade do país e local onde se encontra o principal porto. É uma das cidades mais bonitas do mundo e a zona antiga com o seu sistema de fortificações, foi declarada Património da Humanidade pela UNESCO em 1982.

Foi fundada oficialmente em 1519 pelos espanhóis e nessa altura recebeu o nome de San Cristóbal de La Habana. San Cristóbal era o nome do Santo do dia em que foi fundada e La Habana era o nome dado pelos índios que eram os habitantes, antes da chegada dos espanhóis.

No início do século XVI o porto de Havana acolhia embarcações que circulavam na rota de navegação que vinha das Bahamas. A sua localização geográfica e as suas condições climatéricas foram fatores cruciais para serem um porto seguro para a passagem de valiosas fortunas em ouro e prata.

Alguns anos mais tarde, devido a alguns ataques de corsários e piratas franceses, foi erguido um complexo defensivo de muralhas.

A principal mão-de-obra utilizada na construção das muralhas eram os escravos africanos.

Mesmo com o sistema defensivo já construído, Havana foi tomada pelos ingleses. Apenas quando os espanhóis reocuparam a cidade é que se deu uma modernização das muralhas.

Atualmente ao visitar Havana podemos visitar várias fortificações, entre elas:

  • Fortaleza de San Carlos de la Cabaña;
  • Castillo de la Real Fuerza;
  • Castillo de San Salvador de la Punta;
  • Castillo de Los Tres Santos Reyes del Morro, mais conhecido por El Morro;
  • Castillo de Santa Dorotea de Luna de la Chorrera;
  • Torreón de San Lázaro;
  • Castillo de Santo Domingo de Atarés;
  • Castillo del Príncipe.

São estas fortificações que delimitam a cidade antiga. No interior delas, no centro histórico, existem grandes praças, monumentos barrocos e neoclássicos e edifícios com arcadas, varandas, portões de ferro e pátios interiores. Vive-se um ambiente verdadeiramente encantador.

Foi aqui que as famílias mais abastadas mandaram construir as suas habitações e na altura da Revolução, tiveram de fugir e deixar as mansões para trás. Hoje em dia as casas encontram-se ocupadas mas bastante degradadas, devido ao passar do tempo e à ausência de capacidade de manutenção.

Recomendo andar pela parte antiga e percorrer as ruas a pé. Vá com tempo e deixe-se levar pela música que se sente em todas as esquinas (Leia mais sobre a música cubana aqui – http://viajarpelahistoria.com/musica-cuba/). Havana parece convidar para o lado bom da vida, com os ritmos quentes que se ouvem pelas ruas e o colorido das fachadas das casas. Deixe-se ir…

21 comentários em “Havana: cidade antiga e suas fortificações”

  1. Olá catarina,
    Queria tanto poder ir a Cuba em breve, sempre que vejo um post cresce essa vontade.
    Obrigado por partilhares esse conhecimento histórico, valeu !!

    Responder
  2. Oi Catarina. Muito interessante este pedaço de história sobre Havana. É sempre bom conhecer melhor a fundação de uma cidade e foi uma boa introdução para ir conhecer as fortificações. 🙂

    Responder
  3. Cidade linda, cultural, espontânea, cheia de pessoas criativas e simpáticas. Adorei Cuba num todo, mas a capital também me surpreendeu pela positiva. Estive lá em 2007 e fiz uma viagem espectacular. Tal como você diz: Havana é a verdadeira essência de Cuba… sem dúvida!

    Responder
    • Ola João 🙂 Exatamente como eu. Andei por lá em 2008 e andei pela ilha. Gostei muito das pessoas e do ambiente que se vive por lá. Escrever sobre a ilha e ver fotos deu mesmo saudades. Sem dúvida, Havana é a essência!

      Responder
  4. Adorei Havana! Quero muito lá voltar e ficar mais tempo para conhecer mais a fundo. Três dias é bom para absorver o ambiente da capital cubana mas queria mais! Boas viagens!

    Responder
    • Olá Susana 🙂 Eu quando lá estive andei por toda a ilha e também acabei por não ficar muitos dias em Havana. Espero lá voltar… Boas viagens também. E parabéns pelo blog. Excelente.

      Responder
  5. Sou apaixonado por Cuba, acredito que tenha sido a melhor viagem que fiz na vida… Gostei tanto que voltei mais uma vez e já estou planejando voltar de novo! Havana é demais! Uma cidade realmente incrível! Que saudades!

    Responder
  6. Cuba foi paixão e quero muito retornar. É um lugar que mexe, desacomoda e encanta, além de pôr em cheque muitas de nossas certezas e clichês. Curtindo seus posts. BjO!

    Responder
  7. Cuba, provavelmente a MAIOR MANCHA no meu CV 🙁 AINDA não conheço… estou a ‘guardá-la’ e, na verdade, não sei bem porquê ou para quê. Acho que vou perder os pruridos e seguir os teus passos por este mítico destino. Depois fecho-me num dos castelos sugeridos e passo resto da vida a ouvir música… :)))

    Responder

Deixe um comentário