Havana: cidade antiga e suas fortificações

Havana é a verdadeira essência de Cuba. Capital, centro económico e cultural, maior cidade do país e local onde se encontra o principal porto. É uma das cidades mais bonitas do mundo e a zona antiga com o seu sistema de fortificações, foi declarada Património da Humanidade pela UNESCO em 1982.

Foi fundada oficialmente em 1519 pelos espanhóis e nessa altura recebeu o nome de San Cristóbal de La Habana. San Cristóbal era o nome do Santo do dia em que foi fundada e La Habana era o nome dado pelos índios que eram os habitantes, antes da chegada dos espanhóis.

No início do século XVI o porto de Havana acolhia embarcações que circulavam na rota de navegação que vinha das Bahamas. A sua localização geográfica e as suas condições climatéricas foram fatores cruciais para serem um porto seguro para a passagem de valiosas fortunas em ouro e prata.

Alguns anos mais tarde, devido a alguns ataques de corsários e piratas franceses, foi erguido um complexo defensivo de muralhas.

A principal mão-de-obra utilizada na construção das muralhas eram os escravos africanos.

Mesmo com o sistema defensivo já construído, Havana foi tomada pelos ingleses. Apenas quando os espanhóis reocuparam a cidade é que se deu uma modernização das muralhas.

Atualmente ao visitar Havana podemos visitar várias fortificações, entre elas:

  • Fortaleza de San Carlos de la Cabaña;
  • Castillo de la Real Fuerza;
  • Castillo de San Salvador de la Punta;
  • Castillo de Los Tres Santos Reyes del Morro, mais conhecido por El Morro;
  • Castillo de Santa Dorotea de Luna de la Chorrera;
  • Torreón de San Lázaro;
  • Castillo de Santo Domingo de Atarés;
  • Castillo del Príncipe.

São estas fortificações que delimitam a cidade antiga. No interior delas, no centro histórico, existem grandes praças, monumentos barrocos e neoclássicos e edifícios com arcadas, varandas, portões de ferro e pátios interiores. Vive-se um ambiente verdadeiramente encantador.

Foi aqui que as famílias mais abastadas mandaram construir as suas habitações e na altura da Revolução, tiveram de fugir e deixar as mansões para trás. Hoje em dia as casas encontram-se ocupadas mas bastante degradadas, devido ao passar do tempo e à ausência de capacidade de manutenção.

Recomendo andar pela parte antiga e percorrer as ruas a pé. Vá com tempo e deixe-se levar pela música que se sente em todas as esquinas (Leia mais sobre a música cubana aqui – http://viajarpelahistoria.com/musica-cuba/). Havana parece convidar para o lado bom da vida, com os ritmos quentes que se ouvem pelas ruas e o colorido das fachadas das casas. Deixe-se ir…

Organize a sua viagem com as minhas ferramentas

  • Voos

Recomendo a Momondo ou o Skyscanner.

  • Carro

Pesquiso sempre os melhores negócios na RentalCars.

  • Alojamento

Eu utilizo quase sempre o Booking e pontualmente o AirBnb. No Booking é possível reservar e cancelar.

  • Seguro de viagem

Não vale a pena arriscar, normalmente corre tudo bem, mas nunca se sabe onde precisamos mesmo de ajuda. A IATI pode ser uma possibilidade interessante.

  • Bilhetes para museus, atividades e atrações

Com a Get Your Guide pode comprar os bilhetes para as atracções que pretender, de forma rápida e sem perder tempo em filas.

Se fizer as suas reservas através destes links afiliados, não paga mais nada por isso e eu ganho uma pequena comissão, o que é determinante para eu continuar a escrever sobre viagens. Obrigada!

21 comentários em “Havana: cidade antiga e suas fortificações”

  1. Olá catarina,
    Queria tanto poder ir a Cuba em breve, sempre que vejo um post cresce essa vontade.
    Obrigado por partilhares esse conhecimento histórico, valeu !!

  2. Oi Catarina. Muito interessante este pedaço de história sobre Havana. É sempre bom conhecer melhor a fundação de uma cidade e foi uma boa introdução para ir conhecer as fortificações. 🙂

  3. Cidade linda, cultural, espontânea, cheia de pessoas criativas e simpáticas. Adorei Cuba num todo, mas a capital também me surpreendeu pela positiva. Estive lá em 2007 e fiz uma viagem espectacular. Tal como você diz: Havana é a verdadeira essência de Cuba… sem dúvida!

    • Ola João 🙂 Exatamente como eu. Andei por lá em 2008 e andei pela ilha. Gostei muito das pessoas e do ambiente que se vive por lá. Escrever sobre a ilha e ver fotos deu mesmo saudades. Sem dúvida, Havana é a essência!

  4. Adorei Havana! Quero muito lá voltar e ficar mais tempo para conhecer mais a fundo. Três dias é bom para absorver o ambiente da capital cubana mas queria mais! Boas viagens!

    • Olá Susana 🙂 Eu quando lá estive andei por toda a ilha e também acabei por não ficar muitos dias em Havana. Espero lá voltar… Boas viagens também. E parabéns pelo blog. Excelente.

  5. Sou apaixonado por Cuba, acredito que tenha sido a melhor viagem que fiz na vida… Gostei tanto que voltei mais uma vez e já estou planejando voltar de novo! Havana é demais! Uma cidade realmente incrível! Que saudades!

  6. Cuba foi paixão e quero muito retornar. É um lugar que mexe, desacomoda e encanta, além de pôr em cheque muitas de nossas certezas e clichês. Curtindo seus posts. BjO!

  7. Cuba, provavelmente a MAIOR MANCHA no meu CV 🙁 AINDA não conheço… estou a ‘guardá-la’ e, na verdade, não sei bem porquê ou para quê. Acho que vou perder os pruridos e seguir os teus passos por este mítico destino. Depois fecho-me num dos castelos sugeridos e passo resto da vida a ouvir música… :)))

Deixe um comentário