O Grande Canal e a Ponte de Rialto

O Grande Canal é o maior e mais importante canal de Veneza. Atravessa a maior parte da cidade, fazendo uma dupla curva, indo desde a estação de comboios até à proximidade da Praça de São Marcos. É a principal via de circulação da cidade, existindo sempre vaporettos a circular. Tem cerca de 4 km de extensão, entre 30 e 70 metros de largura e uma profundidade média de 5 metros.

Quem for a Veneza tem mesmo de passar neste canal, de vaporetto e/ou de gôndola. De ambos os lados das margens existem belissimos palácios construídos ao longo de vários anos. Aqui encontramos vários hóteis, igrejas, palácios, o casino e ainda museus e galerias. É um passeio na história desta magnífica cidade.

Existem 4 pontes que passam por cima do Grande Canal, sendo a mais antiga e famosa a de Rialto. O bairro onde a ponte fica inserida é o mais antigo da cidade de Veneza.

Vamos então conhecer a sua história.

A Ponte de Rialto foi a primeira ponte a ser construída sobre o Grande Canal. Tudo começou em 1181 com a construção de uma ponte flutuante. Ao longo dos anos foi aumentando a circulação de barcos e a ponte existente foi substituída por uma de madeira. Esta ponte podia ser elevada para que as embarcações pudessem passar.

No século XIV a ponte foi parcialmente destruída por um incêndio e no século seguinte caiu totalmente com o peso da multidão que assistia a um espetáculo. Foi reconstruída e voltou a cair…

Assim sendo, em 1505 começou a surgir a ideia de reconstruir a Ponte de Rialto, utilizando pedra desta vez. Foram pedidos vários projetos, tendo ganho o desenho realizado por Antonio da Ponte, tio do arquiteto responsável pela execução da Ponte dos Suspiros.

O projeto de Antonio da Ponte baseou-se no desenho da ponte antiga, de madeira. São duas rampas inclinadas que se cruzam num pórtico central, existindo de ambos os lados das rampas vários espaços destinados ao comércio. Este desenho foi considerado audaz para a época.

A ponte foi construída entre os anos de 1588 e 1591 e mantem-se ainda atualmente. É um verdadeiro ícone na bela Veneza.

Logo junto à ponte pode encontrar o Mercado de Rialto. É um excelente local para conhecer a história da cidade e da sua gastronomia. Perca-se por aqui. Vá ao mercado e siga até à Ponte. Lá de cima observe o movimento de barcos no Grande Canal. Percorra também o Grande canal para ter outra perspetiva da ponte. Vai adorar!

22 comentários em “O Grande Canal e a Ponte de Rialto”

  1. Veneza <3
    A cidade é uma graça. Eu acho incrível um lugar tão conhecido e visitado nos dias de hoje não ter carros circulando. E esse é o charme da cidade, né? os barquinhos e os canais.

    Responder
  2. Olá Catarina, também adoro saber os pormenores históricos sobre os lugares onde passo.
    Olhamos para as coisas de outra forma. Ainda não fui a Veneza, com muita pena. Mas está na minha longaaaaa lista!
    E os preços das viagens de gôndola, que tal? Quando for para aqueles lados, venho recolher dicas.
    Abraço
    Ruthia d’O Berço do Mundo

    Responder
    • Olá Ruthia 🙂
      Torna tudo muito mais interessante, não é? ao de gôndola realmente não é barato. É aproximadamente 100€… é um pouco mais caro andar de noite mas na minha opinião, só desta forma vale a pena. Qualquer questão que tenha que eu possa ajudar diga. Beijinhos

      Responder
  3. Adorei o post, super bem detalhada. Fiquei até com saudade de Veneza. A cidade é mesmo linda e a Ponte Rialto tem um charme ainda maior, né? Tenho que voltar lá para conhecer o Mercado, deve ser um lugar especial mesmo, já ouvi falar mas não tive a oportunidade de ir. Obrigada pelas dicas. ;).

    Responder
  4. Seus posts sempre informativos! Adorei a dica histórica, mas também as práticas. Com certeza, vou querer gastar um tempinho por lá lembrando desse post.

    Responder
  5. Oi Cat
    Veneza é muito encantadora e essa ponte é um charme! Posso estar enganada, mas o espetàculo no qual a ponte caiu com pùblico em cima era a tal famosa “regatas de Veneza”.
    😉

    Responder

Deixe um comentário