O Cristo Redentor do Rio de Janeiro

O Cristo Redentor localiza-se no coração do Rio de Janeiro, no Morro do Corcovado. É a imagem brasileira mais conhecida do mundo inteiro. Em 2007 foi eleito uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno.

O Morro do Corcovado é uma montanha com 704 metros de altitude. Encontra-se inserido no Parque Nacional da Tijuca, que alberga uma floresta de 3200 hectares replantada pelo Homem. O reflorestamento deu-se após a área ter sido explorada e desmatada para a extração de madeira e plantação de café.

Para chegar à estátua do Cristo Redentor é possível recorrer à utilização de uma van, de um comboio ou fazer o percurso a pé, por um caminho definido. É um percurso deslumbrante de qualquer das formas, mas o comboio é o mais tradicional.

A linha férrea foi inaugurada pelo rei de Portugal D. Pedro II no ano de 1884 e tem uma extensão de 3824 metros em terreno muito íngreme. Começou por ser utilizada tração a vapor e só depois foram realizadas modificações para energia elétrica. Nesta altura milhares de visitantes iam ver a vista panorâmica da cidade.

Inicialmente a construção de uma estátua pretendia ser uma homenagem à princesa regente do Brasil, mas acabou por não se concretizar. Algum tempo mais tarde, com a intervenção de um grupo católico do Rio de Janeiro surgiram alguns projetos para a estátua do Cristo, tendo ganho a imagem que existe atualmente. A imagem com os braços abertos é considerada um símbolo de paz.

O projeto da estátua foi da responsabilidade do engenheiro Heitor Silva Costa e quem a esculpiu foi Paul Landowski. George Leonida encarregou-se do rosto.

Foi no comboio que durante 4 anos foram levadas as peças da estátua até ao topo do Morro. A 1ª pedra foi lançada em 1922 e demorou cerca de 5 anos a ser construído, tendo sido inaugurado em 1931. O Cristo Redentor tem 38 metros e aproximadamente 1100 toneladas.

Há tantas razões para visitar o Rio de Janeiro.

É mesmo a cidade maravilhosa. O Cristo Redentor, a maior estátua art déco do mundo, é uma delas. Vá ver a estátua e a vista deslumbrante do Morro do Corcovado. Daqui vê-se o Pão de Açucar e as magníficas praias de Ipanema e Copacabana. Recomendo o Roteiro de viagem no Rio de Janeiro – 5 dias na cidade maravilhosa do Blog Viagens e Caminhos.

20 comentários em “O Cristo Redentor do Rio de Janeiro”

  1. Ainda não conheço o Rio de Janeiro, apenas pelos ares quando fiz conexão em um aeroporto daí que vinha para Porto Alegre. Apesar de só ter visto de cima posso afirmar uma coisa: foi o lugar mais lindo que já vi na vida, lindo demais!

    Responder
  2. Parabéns pelo post! Adorei os detalhes. O Rio de Janeiro é lindo, mas o Cristo.. é simplesmente sensacional. Já coloquei nos meus favoritos 🙂 Obrigada!

    Responder
  3. Bom saber um pouco mais sobre a história do Cristo Redentor. Quando fui ao Rio, esteve nublado alguns dias e portanto não arriscámos subir lá acima. Fica para a próxima!! 🙂

    Responder
  4. Nossa, realmente, só com muitas mãos para colocar o Cristo tão perfeito assim. 🙂

    Amo o Cristo e já fui várias vezes. hahaha

    Mas conhecer pelo olhar da história faz toda diferença!

    Responder
  5. Bom saber um pouco mais sobre o Cristo Redentor. Faz muitos anos que não subo lá, mas lembro bem a vista lá de cima sobre todos os morros da cidade e a baía… é impressionante. Grande abraço e boas viagens.

    Responder
  6. Essa é sem dúvida uma das vistas mais lindas e deslumbrantes que já vi na vida, eu usei o trenzinho pra subir até o topo e adorei a viagem, na primeira vez fomos de van e assim pudemos parar no Mirante Dona Marta, de todas as formas assim como você disse, a viagem é incrível.. Abraços

    Responder
  7. O Rio de Janeiro é lindo demais! Mesmo sendo carioca, confesso que esse é um passeio que eu tenho que fazer mais vezes, pois vale muito a pena! Essa semana eu fui ao Cristo mas infelizmente o tempo estava com muita neblina, não deu para curtir tanto. Já estamos fazendo planos para voltar na semana que vem =)

    Responder

Deixe um comentário